O que pode ser reciclado? Leave a comment

Porque a reciclagem é tão importante?

A reciclagem além de ser ecológica é fundamental para a economia, isso porque o setor gera renda a muitas famílias, seja durante a coleta, na linha de produção ou mesmo para artesãos. Uma outra vantagem da reciclagem é a redução no consumo de água e energia elétrica, pois gasta menos recurso ao reaproveitar os materiais do que a extração. 

Reciclar não se limita apenas ao lixo inorgânico e madeira: até mesmo o óleo de cozinha pode ser reciclado e transformado em sabão. Muitos desses elementos quando não recebem tratamento adequado e não são encaminhados para a reciclagem, demoram décadas e até séculos para se decompor. O acúmulo desses lixos no meio ambiente causa poluição, degradação ambiental e prejudica todo o ecossistema terrestre. Por isso a reciclagem é tão importante, pois além de diminuir todas essas coisas citadas anteriormente, ela evita o esgotamento de matérias-primas, uma vez que reaproveita o material para outros fins, em vez de simplesmente descartá-lo e retirar um novo material da natureza.

O que é a reciclagem?

Reciclagem é basicamente, a transformação de materiais usados que são rotulados como reciclável, até a sua instalação de resíduos local designada em um recipiente de descarte de materiais recicláveis a serem tomadas e reutilizados como material para um novo propósito. Os esforços de reciclagem pode reduzir significativamente o desperdício que não só vai prejudicar o planeta hoje, mas as gerações futuras também. Os recursos naturais do Planeta Terra são limitados por isso devemos nos esforçar ao máximo para conservar, reciclar e reutilizar sempre que possível.

O que posso reciclar?

Nem todos os materiais podem ser reciclado, os produtos recicláveis são rotulados com números de 1 a 7, sendo 1 o mais reciclável, e 7 é o menos reciclável.  Você também terá que fazer uma pequena pesquisa, para saber o que na sua área é ou não reciclado, verifique com o seu centro de reciclagem local.

Que tipo de lixo pode ser reciclado e quais não podem?

Muitas vezes o que pode ser reciclado não fica muito claro. Então confira algumas dicas do que pode ser encaminhado para a coleta seletiva e o que deve ir para o lixo comum:

Papel: O que reciclar – Papéis de escritório, papelão, caixas em geral, jornais, revistas, livros, listas telefônicas, cadernos, papel cartão, cartolinas, entre outros.

O que não reciclar – Papel carbono, celofane, papel vegetal, termofax, papéis encerados ou plastificados, papel higiênico, lenços de papel, guardanapos, e outros.

Plástico: O que reciclar – Sacos, CDs, disquetes, embalagens de produtos de limpeza, PET (como garrafas de refrigerante), canos e tubos, plásticos em geral.

O que não reciclar – Plásticos termofixos, embalagens plásticas metalizadas (como as de salgadinhos) e isopor.

Vidros: O que reciclar – Garrafas de bebida, frascos em geral, potes de produtos alimentícios e copos.

O que não reciclar – Espelhos, cristais, vidros de janelas, vidros de automóveis, lâmpadas, ampolas de medicamentos, cerâmicas, porcelanas, tubos de TV e de computadores.

Metais: O que reciclar – Latas de alumínio (refrigerante, cerveja) latas de produtos alimentícios (óleo, leite em pó, conservas), tampas de garrafa, embalagens metálicas de congelados e outros.

O que não reciclar – Clipes, grampos, esponjas de aço, tachinhas, pregos e canos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat